.

.

30 de março de 2014

Falando da nossa essência

Esta sou eu:


...estou a cotar provas de avaliação na sala, levanto-me para ir ao escritório buscar um teste que me falta, que tenho numa capa. Em vez de ir frente, viro para a cozinha e faço um bolo de chocolate (literalmente). Volto a sentar-me em frente ao computador e lembro-me de que preciso do teste que há minutos atrás ia buscar, que estava dentro de uma capa, no escritório.
Ou isto tem laivos de genialidade ou sofro do "Síndrome de Dori".




6 comentários:

vitordalmeida disse...

PIMPOLHO.
É um sindroma preocupante, os portugueses sofrem disso, é pena.

Mas a ti atacou-te de uma forma doce, ainda bem. Cuidado com a linha...
Beij.

Vítor disse...

Deixa-me provar o bolo de chocolate e dir-te-ei se és um génio!!!

Eduardo Oliveira Teixeira disse...

São luzinhas.... Luzinhas que te agarram a atenção.
O problema é que há luzinhas por todo o lado.
:)

Ana disse...

Sindrome de Dory is all about me! Não estás sozinha. :p

Calíope disse...

Uns minutos depois foste buscar o teste, com o lanche garantido! Qual síndrome, qual quê? Isso é eficácia!

Pimpas disse...

Vitordalmeida: CUIDADO COM A LINHA???? Tu queres é provar! ;)
Vitor: A ti levo-te uma fatia ainda esta semana. ;)
Eduardo: Essas luzinhas que não me largam, são os meus pirilampos.
Ana: Eu sabia!
Calíope: és mesmo tu, sempre a ver um lado positivo. Gosto mesmo disso em ti.